• Andreia do Carmo Nobrega da Silva

    Survivor


    Descobri o câncer a exato 1 ano, através de exame de rotina, eu não sentia nada e não percebi o nódulo. 5 meses após fiz mastectomia radical, seguida de quimioterapia 3 meses depois. Esse tempo para saúde pública no Brasil é bem considerado rápido, então me considero com sorte. Tenho 46 anos e 3 filhos, sem histórico na família, sempre busquei uma vida com atividades e boa alimentação, e num período rápido fiz uso de esteroides (acredito que daí que veio o câncer). Quando eu soube do diagnóstico a primeira coisa que pensei foi como ficariam meus filhos se eu morresse, e depois agradeci a Deus por não ser que nenhum deles. Mantive com fé e decidi confiar mais ainda que Deus estava no controle de tudo o que estava acontecendo e que Ele me daria forças para lutar e vencer. Desde então tem sido assim, durante esse 1 ano tudo tem colaborado para meu bem. Decidi fazer a minha parte sigo corretamente os tratamentos. Não me vitimizo, não penso em morrer mas em viver. Back to Breast Cancer Stories